Av.Brigadeiro Faria Lima, 201, Pinheiros - São Paulo - SP
Uma publicação para navegar

Para produzir a publicação Aprendendo com Dorival Caymmi: Civilização Praieira, a equipe do Instituto Tomie Ohtake começou por um mergulho nos processos poéticos de Dorival Caymmi, José Pancetti, Sergio Rodrigues e Flávio de Carvalho. A sala de estudos foi transformada em um ateliê rodeado por outras paisagens, mundos e histórias. As paredes da sala foram preenchidas com imagens de obras que estariam na exposição, letras de músicas de Caymmi, mapas, cartas náuticas e diversas outras referências que propiciaram uma imersão no universo da mostra .

As músicas de Dorival Caymmi deram a cadência da criação coletiva. Em meio a leituras, pesquisas e discussões, foram sendo construídas dezenas de ilustrações e estudos gráficos, que logo iam sendo acrescentados às paredes do ateliê. Depois de alguns dias de imersão num intenso processo criativo, algumas das imagens produzidas foram transformadas nos territórios e elementos de uma carta náutica caymmiana.

Pensada como uma espécie de carta náutica poética, constam no material territórios, pequenos verbetes que propõem rotas conceituais de investigação e deriva, caminhos de reflexão e atividades poéticas que buscam um alargamento da percepção sobre as relações com o tempo, o espaço compartilhado, o corpo e as paisagens. Essa deriva poética, movida por afetos, sensações e a cadência das ondas, busca levar os navegantes a experienciarem e descobrirem novos territórios a partir do mergulho no mar desses artistas.

Clique aqui para acessar a publicação