Av.Brigadeiro Faria Lima, 201, Pinheiros - São Paulo - SP
Lectures and Roundtables


past
    

SIMPÓSIO NARRATIVAS DE UMA PRÁTICA

17 MARÇO 2016 ÀS 18H

O Instituto Tomie Ohtake, com a realização da Bertani Arte e Cultura e apoio da AkzoNobel, propõe um simpósio acerca da produção arquitetônica contemporânea. O contexto brasileiro, ainda escasso de debates desse tipo, pouco vem fomentando reflexões críticas acerca da prática arquitetônica e o caráter de seus projetos. 

A partir desse horizonte, alguns arquitetos foram convidados a refletir como a prática profissional vem enfrentando as problemáticas urbanas atuais, com variáveis cada vez mais complexas e suas demandas socioambientais, econômicas e programáticas. 

A oportunidade de refletir sobre essas questões soma-se à possibilidade de receber um dos mais importantes nomes da arquitetura contemporânea portuguesa, Eduardo Souto de Moura.

 

PROGRAMAÇÃO

ARQUITETURA CONTEMPORÂNEA BRASILEIRA: DIAGNÓSTICOS E DESAFIOS
Os arquitetos que integraram o júri da segunda edição do Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake AkzoNobel são convidados à mesa para refletirem sobre o contexto em que se insere a prática arquitetônica atual no Brasil. Com base também nos perfis dos projetos apresentados ao prêmio, os arquitetos tecerão considerações sobre as limitações, horizontes e tendências a que os projetos da jovem geração de arquitetos brasileiros vêm se direcionando.

  

Abilio Guerra – arquiteto pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo PUC-Campinas, mestre e doutor em História pelo IFCH Unicamp. É editor da Romano Guerra Editora e do Portal Vitruvius e professor da FAU Mackenzie

Carlos Teixeira – arquiteto pela Escola de Arquitetura da UFMG e mestre em urbanismo (distinction, Architectural Association). É fundador do escritório Vazio S/A Arquitetura e Urbanismo

Shundi Iwamizu – arquiteto formado pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo. É sócio do escritório SIAA, e atualmente é docente na Escola da Cidade.

  

SOUTO DE MOURA, UM DEPOIMENTO PORTUGUÊS

O arquiteto apresenta sua produção contemporânea, pautada pelo contexto português e sua vivência junto à Faculdade de Arquitetura do Porto. A mesa pretende discutir a trajetória do arquiteto, focada principalmente pela sua produção atual, visando contextualiza-la e problematiza-la no cenário arquitetônico internacional.

Eduardo Souto de Moura – arquiteto português formado pela Escola Superior de Belas Artes do Porto onde foi professor. Foi professor-assistente do curso de arquitetura na Universidade do Porto e professor convidado da Faculdade de Arquitetura de ParisBelleville, nas Escolas de Arquitetura da Universidade de Harvard, e de Dublin, na Irlanda, bem como na ETH de Zurich e ainda na Escola de Arquitetura de Lausanne.


Os debates serão mediados por Paulo Miyada (arquiteto e Mestre pela FAU-USP, curador-adjunto do 34º Panorama da Arte Brasileira e curador do Instituto Tomie Ohtake), e Priscyla Gomes (arquiteta e mestranda pela FAU-USP, membro do júri do Prêmio de Arquitetura em 2015 e 2016, integra o Núcleo de Curadoria do Instituto Tomie Ohtake).

A participação no Simpósio é gratuita e sujeita à disponibilidade de vagas.
Mais informações pelo telefone (11) 2245.1937 ou pelo email setoreducativo@institutotomieohtake.org.br 



SEMINÁRIO ENSAIOS CRÍTICOS SOBRE ARTE CONTEMPORÂNEA

9, 10, 11 MARÇO 2016

Aracy Amaral, Christine Greiner, Denise Stoklos e Peter Pál Pelbart fazem parte da programação, de 9 a 11 de março de 2016, no Instituto Tomie Ohtake como forma de oferecer um programa de debates sobre arte contemporânea e lançar a quinta edição do Prêmio Energias na Arte, os parceiros da iniciativa,  o Instituto Tomie Ohtake e o Instituto EDP realizam o Seminário Ensaios Críticos sobre Arte Contemporânea. O ciclo de conversas, que marca também a abertura das inscrições para o Prêmio, apresenta investigações de importantes artistas, autores e pesquisadores em história e teoria da arte no Brasil:



PROGRAMAÇÃO

9 de março, quarta-feira, 19h às 21h30 - Aracy Amaral;
Aracy Amaral é  historiadora, curadora e crítica de arte. Foi diretora da Pinacoteca do Estado de São Paulo, entre 1975 e 1979, e do Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (MAC), de 1982 a 1986. Foi também professora-titular de História da Arte pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU-USP).

10 de março, quinta-feira, 18h às 20h –Christine Greiner / 20 às 22h - Peter Pál Pelbart;
Peter Pál Pelbart é professor titular de filosofia na PUC-SP. Escreveu principalmente sobre loucura, tempo, subjetividade e biopolítica. Publicou O Tempo não-reconciliado (Perspectiva), Vida Capital (Iluminuras) e mais recentemente, O avesso do niilismo: cartografias do esgotamento (n-1 edições), entre outros. Traduziu várias obras de Gilles Deleuze. É membro da Cia Teatral Ueinzz, e coeditor da n-1 ediçõeS

Christine Greiner é professora do Departamento de Linguagens do Corpo da PUC-SP. Ensina no Programa de Comunicação e Semiotica e no curso de Artes do Corpo. É autora do livro Leituras do Corpo no Japão (n-1, 2015) entre outros.

11 de março, sexta-feira, 19h às 21h30 - Denise Stoklos
Denise Stoklos é atriz, diretora e autora teatral, criadora e professora do  método “Teatro Essencial” (disciplina que lecionou na New York University, no Departamento de Performance Studies), que tem como base aquilo que o ator e todos possuem: corpo, voz, pensamento/intuição.


O seminário é aberto ao público (gratuito), contemplará os participantes por ordem de chegada, e terá capacidade de 150 lugares.

 

Sobre o 5º Prêmio Energias na Arte

As inscrições para o 5º Prêmio Energias na Arte estarão abertas do dia 09 de março a 29 de abril de 2016. A partir desta edição, os portfólios serão aceitos somente via online. Informações completas encontram-se no site do Instituto Tomie Ohtake  <http://www.institutotomieohtake.org.br/> www.institutotomieohtake.org.br. Uma novidade acessada também online é uma publicação gratuita em formato PDF, com sugestões para pensar a organização e apresentação de um trabalho de arte. Este material pretende servir como uma das fontes possíveis de consulta sobre o processo de montagem de portfólios.

Idealizado para estimular a produção artística contemporânea, o prêmio é voltado a jovens artistas de todo o Brasil, nascidos ou residentes no país há pelo menos dois anos, com idade entre 18 e 27 anos. A iniciativa, além da premiação, contempla uma série de atividades ao longo do ano, como cursos, palestras, workshops em regiões brasileiras onde o acesso à arte contemporânea é mais restrito

CONVERSA DE IGNIÇÃO - ESCOLA ENTRÓPICA 

18 FEVEREIRO 2016 ÀS 20HS

O Instituto Tomie Ohtake convida para uma conversa aberta com Ana Maria Tavares, Fernando Velázquez, Fabio Morais, Galciani Neves, Lucas Bambozzi, Nicolás Robbio, Pedro França, Paulo Miyada e Vitor Cesar sobre os cursos que esses professores ministrarão na Escola Entrópica.


Entrada gratuita.

Mais informações 11 2245 1937 ou pelo email setoreducativo@institutotomieohtake.org.br

 

FRIDA KAHLO - CONEXÕES ENTRE MULHERES SURREALISTAS NO MÉXICO  

1 DEZEMBRO 2015 ÀS 20HS

A mesa contará com a participação da pesquisadora espanhola Patrícia Mayayo, autora do livro "Frida Kahlo - Contra el Mito", da socióloga da arte e docente do Instituto de Estudos Brasileiros da USP Ana Paula Simioni, e terá mediação da curadora e pesquisadora Galciani Neves.

A pesquisadora e socióloga da arte Ana Paula Simioni irá discutir acerca da presença da mulher na história da arte, questionando os discursos hegemônicos presentes nesta narrativa oficial. Tal discussão atua como terreno-base para refletir sobre as mulheres artistas no México que afirmaram sua potência autoral e tanto problematizaram as questões culturais, sociais, políticas de um país em pleno processo de construção de sua “mexicanidade".

A pesquisadora e professora Patricia Mayayo irá tratar das problemáticas que atravessam as ficções biográficas que fortaleceram a construção do mito Frida Kahlo. Mayayo irá discutir o percurso da artista para além de uma mera relação direta e assertiva entre arte e vida. Frida será discutida nas palavras da Mayayo como um ser político, poroso aos problemas sociais e culturais do México, como uma Frida conflituosa e contraditória, e, por vezes, distanciada da hipótese de uma artista que narrou apenas seus dramas particulares.

Ana Paula Simioni-
 Socióloga da arte e docente do Instituto de Estudos Brasileiros da USP.
Patrícia Mayayo - Doutora em História da Arte pela Universidade Autónoma de Madrid e autora de Frida Kahlo: Contra el mito, um dos mais instigantes livros sobre a obra da artista.
Mediadora Galciani Neves. Curadora e pesquisadora, é mestre e doutora pela PUC-SP.

Gratuito – vagas limitadas
Informações 11 2245 1937
setoreducativo@institutotomieohtake.org.br

Pagina do evento do Facebook - https://www.facebook.com/events/1065351206830407/

 

DE ALBERTO DE SAMPAIO AO INSTAGRAM - O FENÔMENO DA FOTOGRAFIA NA MÃO DE TODOS

27 OUTUBRO 2015 ÀS 20 HS

"De Alberto de Sampaio ao Instagram - o fenômeno da fotografia na mão de todos" reunirá pesquisadores e curadores para debater a figura do fotógrafo amador, sua produção e o contexto em que a fotografia no Brasil começou a ser difundida, e como esse processo desdobrou-se no fenômeno da fotografia contemporânea. A mesa contará com a participação de Adriana Maria Martins Pereira, Helouise Costa, Iatã Cannabrava e Julia Lima.

Entrada gratuita - 
Reservas e informações tel 11 2245 1937 – setoreducativo@institutotomieohtake.org.br