x

INFORMAÇÃO IMPORTANTE
AOS VISITANTES:


O Instituto Tomie Ohtake abre de terça a domingo das 11 às 20 horas. Devido à grande procura e a capacidade máxima de visitantes à exposição de Yayoi Kusama, a admissão do público ocorre até às 18 horas. Antes de entrar na fila informe-se com a equipe do Instituto na recepção.
Para uma melhor visita, aconselhamos chegar o mais cedo possível, já que o fluxo de pessoas é maior à tarde.

O INSTITUTO TOMIE OHTAKE, erguido na mais importante cidade da América Latina, São Paulo, tem como proposta apresentar as novas tendências da arte nacional e internacional, além daquelas que são referências nos últimos 50 anos, coincidindo com o período de trabalho da artista plástica que dá nome ao espaço, Tomie Ohtake.

Inaugurado em novembro de 2001, o centro cultural ocupa uma área total de 7.500m2. Para exposições conta com sete salas distribuídas em dois grandes pisos, um dos quais abriga ainda o setor educativo, com quatro ateliês, espaço para seminários, área de documentação e um Grande Hall, onde estão instalados o restaurante Santinho, a livraria Gaudi e a loja de objetos IT.

O Instituto Tomie Ohtake está instalado em um complexo empresarial privado construído pelo Grupo Aché que reflete uma concepção contemporânea de cidade, onde cultura trabalho e lazer estão integrados.

Com curadoria de Philip Larratt-Smith e Frances Morris, a exposição reúne pinturas, esculturas, vídeos, trabalhos em papel e grandes instalações de Yayoi Kusama, oferecendo um extenso panorama do trabalho de uma das artistas mais inventivas do pós-guerra.
DE 22 MAIO A 27 JULHO 2014

Ministério da Cultura

Projeto gráfico Ricardo Ohtake, Monica Pasinato, Rodrigo Pasinato e Nazareth Baños.