x

EXPOSIÇÃO SALVADOR DALÍ - INFORMAÇÕES IMPORTANTES

FUNCIONAMENTO E DISTRIBUIÇÃO DE SENHAS: 

Diariamente serão distribuídas senhas para visita à exposição Salvador Dalí. 

As senhas, que terão validade apenas para o dia em que forem retiradas, são divididas em três horários de visitação: 11h, 14h e 17h.

A distribuição é feita na entrada do Instituto, das 10h às 18horas, ou até acabarem as senhas.

Serão distribuídas no máximo duas senhas por pessoa.

O Instituto Tomie Ohtake funciona de terça a domingo das 11h às 20horas e a última entrada na exposição Salvador Dalí é às 18horas.

A entrada é gratuita.

DICAS PARA SUA VISITA:

Não é permitido entrar com bolsas, sacolas e mochilas. As mesmas deverão ser deixadas no guarda-volumes do Instituto, na entrada da exposição;

O atendimento prioritário é restrito à pessoa mais um acompanhante;

A exposição pode ser fotografada, mas o uso de flash não é permitido;

Os dias mais tranquilos para visitação são as terças, quartas e quintas-feiras, entre 14h e 18horas.

Aproveite o audioguia da exposição no aplicativo do Instituto Tomie Ohtake, disponível para download na Apple Store ou GooglePlay;

VISITAS ESPECIAIS:

Para possibilitar a ampliação de conhecimentos acerca da exposição Salvador Dalí, o Instituto Tomie Ohtake criou um novo serviço, as Visitas Especiais.

Orientadas por educadores do nosso Núcleo de Ação Educativa, as visitas acontecem antes da abertura regular ao público, de terça a sexta-feira, das 9h às 10h30, em grupos de até 20 pessoas.

As Visitas Especiais são pagas e podem ser agendadas pelo aplicativo do Instituto Tomie Ohtake, disponível pela Apple Store ou pelo Google Play ou pelo link https://www.ingresse.com/profiles/institutotomieohtake.

Saiba mais:  http://www.institutotomieohtake.org.br/inicio/pdf-t/visitas-especiais-dali.pdf

 

O INSTITUTO TOMIE OHTAKE, erguido na mais importante cidade da América Latina, São Paulo, tem como proposta apresentar as novas tendências da arte nacional e internacional, além daquelas que são referências nos últimos 50 anos, coincidindo com o período de trabalho da artista plástica que dá nome ao espaço, Tomie Ohtake.

Inaugurado em novembro de 2001, o centro cultural ocupa uma área total de 7.500m2. Para exposições conta com sete salas distribuídas em dois grandes pisos, um dos quais abriga ainda o setor educativo, com quatro ateliês, espaço para seminários, área de documentação e um Grande Hall, onde estão instalados o restaurante Santinho, a livraria Gaudi e a loja de objetos IT.

O Instituto Tomie Ohtake está instalado em um complexo empresarial privado construído pelo Grupo Aché que reflete uma concepção contemporânea de cidade, onde cultura trabalho e lazer estão integrados.

© Salvador Dalí, Fundació Gala-Salvador Dalí, AUTVIS, Brasil 2014

A exposição convida o público a mergulhar no universo onírico, simbólico e fantasioso de Salvador Dalí. Reunindo cerca de 200 obras, desde trabalhos dos anos 1920 até suas últimas obras, a mostra proporciona ao visitante uma clara percepção da evolução do artista, não só técnica, mas de suas influências, recursos temáticos, referências ideológicas e simbolismos. A curadoria é de Montse Aguer, diretora do Centro de Estudos Dalinianos da Fundação Gala-Dalí.

Distribuição de senhas


Visitas Especiais

DE 19 OUTUBRO 2014 A 11 JANEIRO 2015

Como é que uma linha desenhada no ar transforma-se em matéria no espaço? Desde a década de 1980, Tomie Ohtake traz aos espaços públicos de diversas cidades formas que remetem aos elementos pictóricos de sua produção plástica. Nesta exposição, com curadoria de Paulo Miyada, foram escolhidas algumas das obras de Tomie Ohtake para refletir sobre os gestos feitos pela artista e as maneiras pelos quais foram ampliados à dimensão dos lugares de convívio.
DE 4 SETEMBRO A 18 JANEIRO 2015

A exposição NOVO BANCO PHOTO reúne trabalhos inéditos de Délio Jasse (Angola), José Pedro Cortes (Portugal) e Letícia Ramos (Brasil), finalistas da edição de 2014 do Prêmio.
De 24 outubro a 11 janeiro 2015

Com curadoria do Núcleo de Pesquisa e Curadoria do Instituto Tomie Ohtake, a V Mostra 3M de Arte Digital - Canções de Amor fala da temática do amor como algo amplo: projeção empática em direção ao outro com quem se quer estar junto. A exposição conta com trabalhos de 13 artistas: Christine Sun Kim & Thomas Benno Mader, Claudio Bueno, Danilo Carvalho, Fabiana Faleiros, Fernando Cocchiarale, Fernando Faro, Lais Myrrha, Milton Marques, Natasha Mendonça, Paulo Bruscky, Pedro Moreira, R. Luke DuBois e Tatiana Blass.
DE 05 A 30 NOVEMBRO 2014

Ministério da Cultura

Projeto gráfico Ricardo Ohtake, Monica Pasinato, Rodrigo Pasinato e Nazareth Baños.