Lars Nilsson - Ghosts

20 fevereiro a 27 março

O Instituto Tomie Ohtake apresenta a exposição "Ghosts", do artista Lars Nilsson. A exposição traz ao público, através de esculturas do artista, uma arte de leitura mais direta, que se deixa agarrar pelo olhar do espectador. Nesta série de oito trabalhos, o artista sueco trava uma relação entre ele, a obra material e o observador. “Nas obras que compõem Ghosts não há o recurso a conceitos, “apenas” o mundo físico das coisas e das pessoas e o mundo físico da arte”, escreve Teixeira Coelho.

Para o crítico, nas esculturas reunidas na exposição, não há nenhum movimento em direção a alguma etérea ideia intelectual; “pelo contrário, tudo assume a forma de um gesto tectônico que se dirige e se prende firmemente ao material, ao concreto”. 


O título da exposição, "Ghosts", é acentuado com a ideia de “dobra do tempo”, busca intencional do artista de pôr em contato o contemporâneo, o barroco e o surrealismo em sua obra. Para Nilsson, assim procedendo, ele mesmo se sentia e se punha “fora do tempo”, como talvez um fantasma também esteja e se sinta.

Lars Nilsson, nascido em 1956 (Estocolmo, Suécia), tem se dedicado ao vídeo e à pintura, além da escultura. Com a colaboração de Niklas Malmström, desenvolveu um método rápido de moldagem do corpo humano por ele definido como “fotografia plástica”. Grava constantemente em vídeo a si próprio e as pessoas à sua volta de modo a lhes captar os movimentos na verdade inconsciente no exato momento em que acontecem e que depois não podem ser repetidos de modo intencional. É isso, diz, que lhe permite reproduzir em suas figuras essa sensação por ele descrita como não raro atemorizante, quase assustadora, diante de um corpo humano vivo.

Professor da Academia de Arte de Malmö entre 1996 e 2005, Lars Nilsson fez exposições, entre outras, no Magazin 3 e no Moderna Museet de Estocolomo; Palais de Tokyo em Paris; Museu Nacional da Dinamarca; Hamburger Banhoff em Berlim; PS1 em Nova York e nas bienais de Veneza, Moscou e Curitiba.



patrocínio

apoio

 

 

COOrdenação


REALIZação