Curadoria
Núcleo de Pesquisa e Curadoria [NPC]
O Núcleo de Pesquisa e Curadoria do Instituto Tomie Ohtake tem dois objetivos principais. O primeiro é desenvolver e organizar o programa de exposições do Instituto, oferecendo assistência curatorial, pesquisa complementar e apoio às equipes da instituição.
 
O segundo é a realização de projetos de pesquisa de médio e longo prazo, com vistas à publicação, e voltados para ampliar nossa compreensão das áreas de interesse do Instituto, com foco particular na arte contemporânea produzida no Brasil nas últimas seis décadas.
 
A equipe de curadoria do Instituto Tomie Ohtake tem como curador-chefe Paulo Miyada e é composta pelas curadoras associadas Luise Malmaceda e Priscyla Gomes e pelos curadores assistentes Diego Mauro, Luana Fortes e Theo Monteiro. A pesquisa do Núcleo no campo da arte brasileira começou em 2011, com foco na promoção de artistas nacionais que trabalham em várias áreas artísticas e no incentivo ao debate em torno da arte contemporânea. Com projetos como o Programa Arte Atual, o Núcleo propõe organizar exposições coletivas que mostrem o trabalho de artistas, destacando suas pesquisas mais recentes e criando um espaço onde projetos experimentais podem se tornar realidade e ser compartilhados com um público mais amplo.
 
Núcleo em Pesquisa
Desde o início de 2019, a equipe curatorial deu início ao projeto Núcleo em Pesquisa, que consiste em uma agenda de conversas, tendo como norte tanto o aprofundamento dos conteúdos que permeiam as exposições do Instituto quanto assuntos que são basilares à formação de curadores hoje.
 
O projeto tem como propósito promover pesquisas conjuntas e desenhar propostas curatoriais alinhadas a discussões contemporâneas da produção artística. A partir destes parâmetros, o NPC realiza semanalmente conversas com artistas, curadores e pesquisadores, assim como visitas a exposições e ateliês, a fim de estar a par de assuntos candentes da atualidade e de mapear produções de artistas contra-hegemônicos.
 
A partir da publicação de ensaios, entrevistas e registros de processos de pesquisas e viabilização de mostras, o Núcleo em Pesquisa pretende estabelecer uma plataforma online de diálogo com o público do Instituto Tomie Ohtake, pesquisadores e artistas. Ao longo do ano, o NPC irá compartilhar muito de seu processo cotidiano como forma de reflexão sobre a prática curatorial contemporânea. 
 
Acesse AQUI outros conteúdos de arquivo do Instituto Tomie Ohtake.