ANTROPOCENO: UMA ABORDAGEM TRANSDISCIPLINAR
com Peter Pál Pelbart

Cresce a constatação de que pelo menos a partir da Revolução Industrial a humanidade interferiu drasticamente nas condições do planeta Terra, a começar pelo aquecimento global, ameaçando a sobrevivência das várias espécies que o povoam, inclusive a nossa. Ninguém pode permanecer indiferente ao impacto dessa novidade: somos responsáveis por uma nova “era geológica”, com consequências irreversíveis para a vida no planeta. O que coloca o problema muito concreto, científico e político, mas também filosófico e antropológico sobre o “fim do mundo”. Para abordá-lo, selecionamos alguns estudos significativos sobre o tema, que pretendemos aprofundar ao longo do semestre. São eles: “Há mundo por vir?”, de Déborah Danowski e Eduardo Viveiros de Castro;

Diante de Gaia”, de Bruno Latour; “A queda do céu”, de Davi Kopenawa e Bruce Albert; “Ideias para adiar o fim do mundo”, de Ailton Krenak; e “O tempo do fim”, de Günther Anders.



On-line, via plataforma Zoom

9 de agosto a 29 de novembro | terças-feiras | 17h30 às 19h

16 encontros

Valor: 4 parcelas de R$250,00





Peter Pál Pelbart é professor titular de filosofia na PUC-SP. Escreveu principalmente sobre loucura, tempo, subjetividade e biopolítica. Traduziu várias obras de Gilles Deleuze. É membro da Cia Teatral Ueinzz e coeditor da n-1 edições.