Grupo de estudos CRISE com Ana Mazzei e Regina Parra

As ideias e conceitos em torno da crise, da impermanência e do conflito serão as alavancas para uma série de propostas e experiências deste grupo de estudos coordenado por duas artistas visuais.

A origem grega do termo “crise” (krisis) remonta a “decisão”. Na medicina, o mesmo termo é empregado na evolução de uma doença, como o momento decisivo da cura ou da morte. Na sociologia, é um “momento histórico indefinido ou de riscos inquietantes”. Crise é, ainda, sinônimo de desajuste, desequilíbrio, tensão, conflito, incerteza.

O que todas as definições têm em comum – e também o que mais nos interessa – é a ideia de que “crise” é uma manifestação repentina e aguda que não pode ser freada; um processo súbito de intensa mudança.

O objetivo dos encontros é colocar os participantes em confronto com o próprio trabalho: assumir-se em crise, reconhecer os obstáculos e identificar os desejos envolvidos na própria produção artística. 

Período: 8 encontros

Duração: 17 agosto a 19 outubro

Segundas-feiras, das 19h às 22h

Valor: 2 parcelas de R$ 250,00

25 vagas distribuídas através de carta de intenções recebidas até dia 6 de agosto e o resultado será divulgado no dia 10.

Preencha a sua clicando AQUI

_______________

ANA MAZZEI (São Paulo, 1980) é artista plástica. Mestra em Poéticas Visuais pela UNICAMP e bacharela em Artes Plásticas pela FAAP. Realizou exposições individuais no Sesc Pompeia; La Galerie, Noisy Le-Sec (França); Fundacion Saludarte Miami (Estados Unidos); Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM-SP); Pivô; Centro Cultural São Paulo; La Maudite (França); Galerie Emmanuel Hervé (França); Carlos Ishikawa (Inglaterra); Galeria Jaqueline Martins.

REGINA PARRA (São Paulo, 1984) é artista plástica. Mestra em Teoria e Crítica da Arte pela Faculdade Santa Marcelina e bacharela em Artes Visuais pela Faap. Nos últimos anos, realizou exposições individuais na Galeria Millan, Fundação Marcos Amaro, Museu de Arte de Santa Catarina (MASC), O Sítio, Pivô, Centro Cultural São Paulo, Paço das Artes, Fundação Joaquim Nabuco e Galeria Leme.