GRUPO DE ESTUDOS EM ARTE EDUCAÇÃO
com Rayssa Oliveira

O Instituto Tomie Ohtake inaugura seu grupo de estudos sobre arte educação. O intuito é investigar, de forma coletiva, os múltiplos espaços das artes na educação a partir da pesquisa, da imaginação e da troca de experiências entre educadores e educadoras. Neste semestre, conversaremos sobre a importância da arte como convite para uma escola que é constantemente um lugar de investigar, imaginar, expressar e criar. Pensaremos o conceito de ateliê na educação infantil como um exercício de fazer caminhos ao caminhar, dar atenção aos processos, encontrar-se com o imprevisto, o encanto, o estranhamento e, principalmente, acolher as diversas formas de estar no e com o mundo.

 

Serão 9 encontros, que irão percorrer os seguintes temas:

·        Ateliê: convite, convívio e continuidade (abertura)

·       Contextos: espaços, tempos e relações

·       Múltiplas linguagens: gramática dos materiais e binômios fantásticos

·       Mapas, registros e processos documentados: fazer caminho ao caminhar

·       Arte, natureza e território: habitar o chão da escola

·       Pesquisas e investigações: os fios de continuidade

·       Olhares: dispositivos, poéticas e parcerias

·       Fechamento: fazer junto - projeto ateliê no museu (possível presencial)

On-line, via plataforma Zoom

11 de agosto a 1 de dezembro | quintas feiras (quinzenal) | 19h às 21h

9 encontros

Valores:

3 parcelas de R$80,00 para professoras(es) da rede pública

3 parcelas de R$170,00 para professoras(es) da rede privada/educadores museais

3 parcelas de R$250,00 para público geral




Rayssa Oliveira é arte-educadora e ilustradora. Formada em arquitetura (FAU-USP, 2014), realiza ateliês com crianças e adultos e formação de educadores em escolas públicas e privadas. Foi educadora no Bináh Espaço de Arte, atuou como arte-educadora em instituições culturais, foi professora de artes na Rede Pública Municipal de São Paulo, educadora e consultora no programa Jovens Urbanos do CENPEC, colaboradora do Território Educativo das Travessias e do Prêmio Territórios. Atualmente, está como atelierista no Colégio Santa Cruz, realiza percursos formativos com educadores de EMEIs de São Paulo e projetos ao ar livre com seu ateliê itinerante que existe desde 2019. O ANDORINHA é um carro-ateliê que percorre escolas e outros espaços com propostas artísticas e convites ao encontro entre arte, natureza e território, fomentando a cultura do ateliê. É autora do livro “Espaços Afetivos: Habitar a Escola” (2021) e coautora do livro “Ateliê no Cotidiano” (2020), junto a Raissa Cintra.