CURSO LIVRE Com Laís Amaral

O padrão de organização social criado pelo sistema colonial-patriarcal-capitalista nos impõe a lógica da fragmentação e do embranquecimento do ser, onde não nos identificamos como natureza.

O curso propõe experiências em hidroalfabetização no fazer artístico, como uma possibilidade de experimentar o gesto de criar e conversar sobre nossas produções como ferramentas de transformação do estado de desertificação social em que nos encontramos.

Passaremos por temas como formação artística não institucional, reconhecimento e afirmação de referências, exercícios de liberdade para umedecer as ideias e práticas. O curso conta com a participação especial de Mayara Velozo.

30 setembro a 14 outubro

Quintas-feiras, 19h às 22h

Valor: R$260,00





Mais informações participacao@institutotomieohtake.org.br



LAÍS AMARAL é artesã-artista. É graduada em Serviço Social pela Universidade Federal Fluminense (UFF), onde iniciou sua pesquisa sobre os efeitos do colapso ambiental no contemporâneo, ao comparar os contextos das desertificações ambientais ao projeto de embranquecimento da população, natureza e organização da vida em suas dimensões subjetivas e espirituais. A artista nomeia o gesto de pintar como vazar, na tentativa de referenciar os movimentos da natureza e de umedecer as formas de existir. Tal experiência está diretamente ligada aos mistérios e à apreensão da realidade sensível que permeia a memória e o tempo. Atualmente dedica-se ao reconhecimento de sua constituição familiar, habitando e esgarçando as lacunas socioestruturais entre artesanato e arte.