Nem eu, nem o outro


HÉLIO MENEZES

“Nem eu, nem o outro” se organiza em dois encontros com o desejo de refletir sobre o lugar da autorrepresentação na produção contemporânea de arte, tendo em vista uma permeabilidade e trânsito  intensos entre o campo das artes e da crítica social. Nos encontros serão apresentadas e debatidas produções em que o corpo assume lugar sincrônico de suporte e símbolo, no qual primeira pessoa do singular e do plural se encontram em terreno comum. Durante o curso serão realizadas atividades práticas a partir das reflexões e conceitos. O curso focará na produção de artistas negras e negros brasileiros, embora de maneira não exclusiva.

 

Duração: 2 encontros

Período: 7 e 15 de junho

Horário: 6ª feira, das 19h às 21h e sábado, das 10h às 17h – com 1 hora de intervalo

Vagas: 20

Valor: R$ 350,00 

Gratuito para os alunos matriculados nos Grupos de Estudo

Público: artistas e interessados em artes visuais




Hélio Menezes é antropólogo e internacionalista, vem desenvolvendo pesquisas sobre arte e política, lugares do corpo negro na arte brasileira  e teoria antropológica da imagem. Atua como pesquisador , crítico e curador.