PERCURSOS CONTEMPORÂNEOS: ARTE, DESIGN E ARQUITETURA (1950 A 1980)

O curso propõe uma imersão pelos movimentos artísticos da segunda metade do século XX. Artistas expoentes, exposições, projetos arquitetônicos e os contextos correspondentes formarão um mapeamento das principais tendências que desenharam a arte, a arquitetura e o design contemporâneos. Esses temas e aspectos serão abordados em aulas expositivas seguidas de discussões com o objetivo de introduzir aos alunos as linguagens e procedimentos recorrentes na arte de hoje e estimular a criação de um repertório crítico.

Para essa imersão, foram convidados pesquisadores e curadores que trarão diferentes pontos de vista sobre o recorte proposto.

 

Duração: 24 de agosto a 14 de dezembro

Segundas-feiras, 19h às 21h

VAGAS ESGOTADAS

__________________________________________________________________________________________________

TEMAS E CONTEÚDOS ABORDADOS:

Expressionismo Abstrato;

Cinema do Pós-Guerra;

Arte Cinética;

Pop Art e Nova Figuração;

Fotografia norte e latino-americana;

Performance;

Internacional Situacionista e Arquitetura Radical;

Neoconcretismo;

Minimalismo e Land Art;

Arte Conceitual;

Design do pós-guerra: Escola de Ulm e Memphis;

Novas mídias;

Música de montagem;

Arte e feminismo;

Perspectivas para uma história da arte global e inclusiva. 

PROFESSORES

Diego Mauro é arquiteto e urbanista, curador independente, professor no curso de Arquitetura e Urbanismo na Unib (Universidade Ibirapuera). É mestre pela Universidade de São Paulo (USP) e graduado pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). 

Felipe Kaizer
 é designer gráfico graduado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e pós-graduado pelo Centro Universitário Maria Antônia. É também Doutor em História e Teoria do Design na Escola Superior de Desenho Industrial (ESDI/UERJ). 

Luana Fortes
 é jornalista, curadora independente e professora na FAAP. 

Luciara Ribeiro 
é educadora, pesquisadora e curadora. É mestra em História da Arte pela Universidade de Salamanca (USAL, Espanha) e pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Graduada em História da arte pela UNIFESP. 

Luise Malmaceda
 é curadora associada do Instituto Tomie Ohtake. Graduada em Artes Visuais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), é mestra em Estética e História da Arte pela Universidade de São Paulo. 

Priscyla Gomes
 é curadora associada do Instituto Tomie Ohtake. Arquiteta, urbanista e pesquisadora, é formada pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, onde concluiu seu Mestrado e, atualmente, cursa seu Doutorado. 

Theo Monteiro
 é curador independente, historiador e mestrando em História da Arte pela Universidade de São Paulo.