Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake AkzoNobel

De 11 de fevereiro a 08 de maio de 2022. 

De terça a domingo, das 11h às 20h. Entrada franca.

Conheça os protocolos de segurança clicando AQUI


8º PRÊMIO DE ARQUITETURA INSTITUTO TOMIE OHTAKE AKZONOBEL

Anuncia premiados e a abertura da exposição

O Instituto Tomie Ohtake, com o apoio da AkzoNobel, divulgou no dia 10 de fevereiro os três projetos premiados, via vídeo em suas redes sociais, e inaugurou a exposição com os 13 finalistas selecionados nesta oitava edição do Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake AkzoNobel. No total foram inscritos 178 projetos provenientes de 18 estados brasileiros, do Distrito Federal e cinco deles realizados no exterior (Argentina, França, Itália, Madagascar e Moçambique). A seleção foi feita por um júri formado pelas arquitetas e pelos arquitetos Ariadne Moraes, Carlos Alberto Maciel, Cintia Lins, Diego Mauro e Tainá de Paula.

Com o apoio do Consulado Geral da França em São Paulo, os três premiados realizarão viagens à Paris, na França. A parceria promoveu ainda a web série de entrevistas interdisciplinaridades na arquitetura, realizada pelo Instituto Tomie Ohtake com arquitetos franceses. 


PROJETOS PREMIADOS  



Casa Palicourea
Alto Paraíso de Goiás – GO
BLOCO Arquitetos
Autores: Daniel Mangabeira da Vinha, Henrique Eduardo Caldas Coutinho e Matheus Conque Seco Ferreira.



Casarão da Inovação Cassina
Manaus – AM
Laurent Troost Architectures
Autor: Laurent Troost.



Centro Cultural Lá da Favelinha
Belo Horizonte – MG
LEVANTE Favelinha
Autores: Fernando Maculan Assumpção e Joana César Magalhães.




MENÇÃO HONROSA 



Transborda!
Rio de Janeiro – RJ
Estúdio Chão
Autores: Adriano Andrade Carneiro de Mendonça e Antonio Pedro S L Ribeiro Coutinho.




MENÇÃO HONROSA SUSTENTABILIDADE 



Casa do Mel
Canaã dos Carajás – PA
Estúdio Flume
Autor: Christian Teshirogi




MENÇÃO HONROSA COR 




Casas + Edifício Misto MBV2 /
Sobral – CE
Rede Arquitetos
Autores: Bruno Melo Braga, Bruno Perdigão de Oliveira, Igor Lima Ribeiro e Luiz Mattoso Cattony




Projetos selecionados que também fazem parte da exposição:





Edifício Condessa
Porto Alegre – RS
cantergiani + kunze arquitetos
Autores: Cristiano Lindenmeyer Kunze e Nathalia Cantergiani Fagundes de Oliveira. 



Edifício Tico RV
São Paulo – SP
Terra e Tuma Arquitetos Associados Autores: Danilo Ribeiro Cardoso Terra, Fernanda Lie Sakano, Juliana Assali Terra e Pedro Tuma.



Nova Sede da Fecomércio, Sesc e Senac Rio Grande do Sul
Porto Alegre – RS
Estúdio 41
Autores: Dario Correa Durce, Emerson Vidigal, Eron Costin, João Gabriel Rosa, Fabio Henrique Faria e Martin Kaufer Goic. 






Refeitório e Centro de Nutrição
Campo da Paz, Ambovombe, Madagascar
Bernardes Arquitetura + Arquitetura Sem Fronteiras, Autor: Dante Furlan.



Requalificação Urbanística da Praça Marechal Deodoro
Salvador – BA
Sotero Arquitetos; Autor: Adriano Rapassi Mascarenhas.



Sede Administrativa Fundação Florestal
Peruíbe – SP
23 SUL ARQUITETURA
Autores: André Sant’Anna da Silva, Gabriel Manzi, Ivo Magaldi, Lucas Girard, Luís Pompeo Martins, Luiz Ricardo Araujo Florence, Moreno Zaidan Garcia e Tiago Carvalho Oakley.






UBS Parque do Riacho
Brasília – DF
Saboia+Ruiz Arquitetos
Autor: Alexandre Ruiz.




Desde a sua primeira edição (2014), foram 1.579 projetos inscritos. Entre os selecionados nesse período há obras localizadas no Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Goiás, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, São Paulo e em Ambovombe, Madagascar. 

Na edição passada, em 2020, os três premiados foram George Lins e Cintia Lins (Lins Arquitetos Associados) com o projeto Academia-Escola / Unileão (Juazeiro do Norte/CE); Emerson Vidigal, Eron Costin, Fabio Henrique Faria, João Gabriel Rosa, Dario Corrêa Durce (Estúdio 41 Arquitetura) com o projeto Estação Antártica Comandante Ferraz (Ilha Rei George - Antártica) e Adriano Mascarenhas (Sotero Arquitetos), com o projeto de Requalificação da Colina do Senhor do Bonfim (Salvador/BA).

Com o Prêmio, o Instituto Tomie Ohtake e a AkzoNobel continuam a mapear a produção arquitetônica contemporânea, ao destacarem, pelo oitavo ano consecutivo, projetos significativos construídos no panorama atual brasileiro. A relação urbana e o comprometimento com o sítio de implantação e a sustentabilidade, bem como a inventividade projetual e construtiva são os critérios fundamentais que norteiam a premiação. 

Sobre o Prêmio

O Prêmio busca reconhecer as produções arquitetônicas de destaque na cena contemporânea brasileira, valorizando as formas inovadoras de pensar e construir o espaço social, contribuindo, assim, com o desenho do panorama atual da arquitetura nacional nos seus mais variados contextos. Os projetos selecionados participam da exposição na sede do Instituto Tomie Ohtake, registrada em catálogo, e os premiados, anunciados na inauguração da mostra, são contemplados com viagens internacionais.

 

O Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake AkzoNobel é resultado de uma parceria entre o Instituto Tomie Ohtake e a AkzoNobel, multinacional holandesa que atua nos segmentos de tintas e revestimentos, e se insere nas perspectivas do Instituto, enquanto instituição cultural, ao promover iniciativas no campo da arquitetura, do urbanismo, das artes plásticas e do design.




LIC

PATROCÍNIO



idealização e coordenação






APOIO 

         



APOIO de midia

  





REALIZAÇÃO