Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake AkzoNobel



Do dia 05 de abril até dia 30 de maio de 2019 ocorreram as inscrições para o 6º Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake AkzoNobel. A iniciativa continua a mapear a produção arquitetônica contemporânea, ao destacar, pelo sexto ano consecutivo, projetos significativos construídos no panorama atual brasileiro que levem em conta o comprometimento com o sítio de implantação e a sustentabilidade, bem como a inventividade projetual e construtiva.

 

6º Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake AkzoNobel introduz a categoria UNIVERSITÁRIOS, exclusiva para estudantes de arquitetura submeterem projetos não construídos.  Nesta edição, sob o tema “Revitalização, Requalificação, Renovação”, participam também universitários regularmente matriculados em cursos de arquitetura de nível superior, reconhecidos ou autorizados pelo MEC, brasileiros ou estrangeiros residentes no país há pelo menos dois anos. Até três projetos foram selecionados e farão parte de exposição no Instituto Tomie Ohtake em outubro de 2019, além de serem publicados no catálogo do Prêmio. Um estudante dentre os selecionados será premiado com um estágio em escritório de arquitetura. A divulgação dos premiados acontece na abertura da exposição, dia 17 de outubro!

 

A categoria PROFISSIONAIS, como nas edições anteriores, é voltada para escritórios e coletivos de arquitetura, arquitetos brasileiros ou estrangeiros residentes no país há pelo menos dois anos a contar da data da inscrição do projeto. Foram selecionados doze obras que também farão parte da exposição em outubro de 2019, além de serem publicadas no catálogo do Prêmio. Três projetos dentre os selecionados ganharão viagens internacionais para destinos com interesse arquitetônico. A divulgação dos premiados também acontece na abertura da exposição.

 

O júri do 6º Prêmio Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake AkzoNobel reúne os arquitetos Helena Aparecida Ayoub Silva; Héctor Vigliecca; Joice Berth; Pedro Vada e Priscyla Gomes.

 

CONFIRA OS PROJETOS SELECIONADOS DA 6ª EDIÇÃO AQUI

 

O Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake Akzonobel desde sua primeira edição (2014), recebeu 764 projetos inscritos, provenientes de 17 Estados e do Distrito Federal. Na edição passada, 2018, o 1° lugar ficou com Héctor Vigliecca (Vigliecca & Associados) com o projeto Parque Novo Santo Amaro V (São Paulo, SP), enquanto Rodrigo Calvino (C+P Arquitetura) foi o segundo colocado, com o Hostel Villa 25 (Rio de Janeiro, RJ), e Carlos M. Teixeira (Vazio S/A) foi o terceiro, com o projeto Casa Cerrado (Moeda, MG). Coube a Paulo Mendes da Rocha (Paulo Mendes da Rocha + MMBB Arquitetos) o prêmio Hors concours pela obra do Sesc 24 de Maio (São Paulo, SP).

 

Sobre o Prêmio

 

O Prêmio busca reconhecer as produções arquitetônicas de destaque na cena contemporânea brasileira, valorizando as formas inovadoras de pensar e construir o espaço social, contribuindo, assim, com o desenho do panorama atual da arquitetura nacional nos seus mais variados contextos. Os projetos finalistas participam da exposição na sede do Instituto Tomie Ohtake, registrada em catálogo, e os vencedores, anunciados na inauguração da mostra, são contemplados com viagens internacionais e estágio em escritório de arquitetura. A partir da sexta edição foi introduzida a categoria estudantes.

 

O Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake AkzoNobel é resultado de uma parceria entre o Instituto Tomie Ohtake e a AkzoNobel, multinacional holandesa que atua nos segmentos de tintas, revestimentos e especialidades químicas, e se insere nas perspectivas do Instituto, enquanto instituição cultural, ao promover iniciativas no campo da arquitetura, do urbanismo, das artes plásticas e do design.


PATROCÍNIO


APOIO DE MÍDIA

    


 


 

 


REALIZAÇÃO