Encontro de reflexão Risco - Curadoria como Gesto

11 de dezembro, às 18h.

O “Encontro de reflexão Risco - Curadoria como Gesto” será uma conversa, aberta ao público, sobre o papel (e a responsabilidade) das curadorias nos cenários políticos atuais no Brasil e no mundo.

        

Participam da conversa representantes de importantes festivais mundo afora: Ruth Mc Carthy (festival Outburst, Belfast, Irlanda do Norte), Delfina Martinez (Semana de Arte Trans, Montevideo), Lisa Kerner (Casa Brandon, Buenos Aires), Raphael Buongermino (Festival de Direitos Humanos de São Paulo), Priscyla Gomes (curadora associada do Instituto Tomie Ohtake) e Natalia Mallo (RISCO Festival, São Paulo).

 

Na ocasião haverá a apresentação multimídia do projeto Familia Stronger, de Paulo Mendel e Vitor Grunvald. Trata-se de um projeto documental de narrativa transmídia sobre um coletivo LGBTQAI+ da periferia de São Paulo, no qual todos os membros assumem o mesmo sobrenome e relações de parentesco. O trabalho inclui uma árvore genealógica interativa, vídeo-retratos, e documentários de curta e longa metragem.


O encontro é uma iniciativa do Instituto Tomie Ohtake e do Festival Risco, dirigido por Natalia Mallo, que acontece de 6 a 16 de dezembro, em São Paulo. 


Participação gratuita.