Debate: Festival Mulheres do Mundo: Cultura e Ativismo (Programa Nossas Artistas)


Debate: Festival Mulheres do Mundo: Cultura e Ativismo

O Festival trouxe diferentes vozes ao Rio de Janeiro em novembro de 2018. Eliana Sousa Silva trará suas experiências na Redes da Maré e na concepção e realização do Festival, fazendo um balanço das conversas e possíveis caminhos futuros.

 

O Festival Mulheres do Mundo é inspirado no WOW – o Women of the World Festival, um movimento global lançado em 2010 pela diretora e produtora britânica Jude Kelly. Em 2016, Jude Kelly visitou a Redes da Maré, para conhecer a Casa das Mulheres da Maré, espaço dedicado a estimular o protagonismo político de meninas e mulheres. A partir deste encontro, iniciou-se uma parceria entre o Festival e a Redes da Maré com o desafio de reunir as vozes, experiências e ideias das mulheres do Rio de Janeiro, com toda a sua diversidade.

 

Eliana Sousa Silva

Diretora fundadora e coordenadora da organização não-governamental Redes de Desenvolvimento da Maré (REDES). Graduou-se em letras na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e obteve os títulos de mestre em educação e doutora em serviço social pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). Realizou pesquisa de pós-doutorado no Conselho de Pesquisa em Ciências Sociais (SSRC, na sigla em inglês), nos Estados Unidos. Atualmente, é titular da Cátedra Olavo Setubal de Arte, Cultura e Ciência, no Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo.

 

Mediação:

Priscyla Gomes

Curadora associada do Instituto Tomie Ohtake, é membro do Núcleo de Pesquisa e Curadoria da instituição. Arquiteta e urbanista formada pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, onde concluiu seu Mestrado em Teoria e História das Artes.

 

Sábado | 9 de fevereiro

17h às 18h

Sem inscrição prévia | Sujeito à lotação




     

PATROCÍNIO



APOIO INSTITUCIONAL

  

APOIO DE MÍDIA

                    


 REALIZAÇÃO

     GOVERNO FEDERAL